Notas de Kerala

Ler

Regresso da Índia de coração cheio. Um país onde me sinto verdadeiramente bem, sobretudo longe das grandes cidades, onde é possível fugir à loucura urbana e ver o modo de vida deste maravilhoso povo de uma forma mais genuína. Na minha segunda viagem à Índia confirmou-se o que já havia percebido: quanto mais afastado da cidade melhor.

Para o viajante estreante essa é a minha maior recomendação: cidades como Mumbai ou Nova Delhi deverão servir apenas como porta de entrada e nada mais. Assim que aterrei em Mumbai – e após umas horas de sesta numa pensão – o meu único objectivo era apanhar o comboio e viajar para terras mais tranquilas, ou melhor, águas mais tranquilas, mas sobre isso falarei com mais pormenor em breve.

O meu destino foi o estado de Kerala, provavelmente o mais tranquilo da Índia, e também dos mais cénicos. E quando falo em cénicos não me refiro apenas às paisagens (que são de facto deslumbrantes), mas também aos rostos desta gente extremamente amável. Partilho convosco alguns dos retratos que fiz em Kerala, uma região onde é difícil recusar o ímpeto de fotografar incessantemente, tal a beleza que temos diante nós.

7 Comments

  1. És mesmo uma pessoa especial com uma sensibilidade incrível! As tuas fotografias transportam me para os lugares! E o que escreves/descreves é entusiasmante! Gosto de tudo! Parabéns e boas, futuras viagens! Abraços!

  2. Gabriel,

    Fantástica foto. Deve ter sido uma viagem fantástica.

    Qual a companhia que foste para a India? E em Goa ? Que locais recomendas para pernoitar? Abraço

    • Olá
      Fui com a Turkish Airlines, com paragem em Istanbul.
      Em Goa e Kerala fiquei a dormir em casas particulares e alguns hostels. Em Goa fiquei no Old Quarter Hostel. Muito bom diga-se.
      Abraço e obrigado pela visita

      • Obrigado, Gabriel. Continuação de boas viagens. Aguardo pelas próximas dicas de viagem.

  3. Espetacular Gabriel! Muitos parabéns 🙂 excelente texto e imagens incríveis!

Submit a comment

O seu endereço de email não será publicado.