Notas de Santorini

Santorini, a mais conhecida das ilhas Cíclades, é a jóia da coroa do mar Egeu. Muito procurado por casais em lua-de-mel, este conjunto de pequenas ilhas resultantes de uma erupção vulcânica, com o seu casario branco aninhado pelas escarpas acima, é o paradigma da ilha romântica.

Apesar de existirem alguns autocarros, o melhor é conhecer a ilha com um carro alugado. A capital, Fira, é o centro nevrálgico da ilha, com as suas características capelas de cúpulas azuis. É aqui que os barcos de cruzeiro atracam. Para chegar à vila, se estiver para aí virado, pode subir os 588 degraus em cima de uma mula. Há também um pequeno teleférico, ou pode simplesmente apanhar um táxi. O pôr do sol na aldeia de Oia é talvez o programa mais procurado de toda a ilha. Mas como todos buscam um “lugar ao sol”, reserve um para si bem cedo.

Os amantes de praia não vão sair defraudados de Santorini. Apesar de não existirem areais finos e dourados – as praias são de origem vulcânica e por isso bastante pedregosas –, há oferta que chegue, e algumas com nomes sugestivos: Praia Vermelha (Akrotiri), Praia Negra (Amari) e Praia Branca.

Outros locais a visitar são Pyrgos (o ponto mais alto da ilha e sua antiga capital), as ruínas arqueológicas de Akrotiri e a caldeira do vulcão, acessível apenas por barco. Esteja em lua-de-mel ou não, perca-se nesta pérola do mar Egeu.